Infâncias e leituras

 
 Para famílias, professores, educadores, bibliotecários, formadores e interessados em livros e leitura na primeira infância

 

Promovido por

 

 

 

Programa

Semana 1

Boas vindas
Leitores e Leituras
Leitura como prática de vida.
Muitas leituras e muitos leitores.
A leitura literária como direito.

Semana 2

Arte e palavra na primeira infância
Pensar as infâncias.
O papel da poesia e do brincar.
A leitura na primeira infância.

Semana 3

O papel dos mediadores: pontes entre livros e leitura
O que é mediação de leitura?
Caminhos da mediação.
Leitura na primeira infância.

Semana 4

Construindo uma biblioteca para a primeira infância 
Por onde começar?
Critérios de seleção.
Desafios e leituras na primeira infância.

 

MOOC 100% online e gratuito
4 semanas de duração
4 h. semanais de dedicação

Para participar basta ter acesso a Internet e um conhecimento básico das ferramentas digitais, como Facebook, para a troca de ideias e reflexões.

Será fornecido um certificado de participação.

 

 

Inscrição

É muito fácil e rápido, siga estas orientações:

  1. Inscrever-se na plataforma.
    • Preencher o formulário.
    • O sistema enviará um e-mail para verificar se seu endereço está correto (se o email não chegar, verifique sua pasta de spam).
    • Recebido o email, confirmar sua inscricão e você poderá acessar a plataforma online.
  2. Inscrever-se no curso.  
    • Uma vez dentro da plataforma selecione o curso INFÂNCIAS E LEITURAS e clique no botão Inscrição.
    • A partir deste momento, você poderá aceder ao curso com o seu nome de usuário e senha.
 

 

 

A primeira infância, compreendida entre 0 e 6 anos, é um período decisivo para a formação integral da pessoa. Neste processo formativo, a palavra assume um papel decisivo, pois é na linguagem e pela linguagem que a criança se constitui para si, para o outro e para o mundo.

Em todas as culturas, as crianças se reconhecem, compreendem tempos e espaços, criam vínculos e constroem memórias afetivas por meio da palavra. E é enquanto sujeito de linguagem, que o direito à leitura, à literária, à palavra e a outros bens culturais deve promovido eser garantido.

A promoção da leitura e da literatura como bem cultural é são alicerces para a aquisição da linguagem, para o domínio da língua, para a constituição da identidade e a construção do conhecimento. Ao apresentar a linguagem poética, as histórias e personagens às crianças, a literatura exerce um papel fundamental na construção de significados. As crianças passam a usar a imaginação, a criatividade e a empatia para lidar com sentimentos e emoções, enriquecendo e ampliando suas experiências com os outros e com ela mesma.

Porém, apesar da leitura ser esta prática de caráter social social, cultural, e de formação estrutural decisiva, ela não é igualmente compartilhada entre as crianças brasileiras.

Em sintonia com a proposta do programa Leia para uma Criança, este MOOC pretende incentivar praticas de leitura do adulto para e com as crianças como uma oportunidade de fortalecimento dos vínculos afetivos e da participação ativa na educação desde a primeira infância. E, deste modo, ampliar e democratizar as oportunidades de acesso à cultura das crianças brasileiras.

Esta formação tem como um de seus propósitos inspirar a formação de novos mediadores e ajudar àqueles que já leem para crianças a pensar e aprimorar suas práticas. Nestes encontros, vamos compartilhar algumas questões-chave para pensar o papel do mediador na formação dos pequenos leitores: o papel da leitura e da literatura; a importância da arte e da poesia, do brincar e da voz e das palavras nas infâncias e o papel fundamental do mediador como ponte entre os leitores e os livros.

Durante as 4 semanas de duração deste curso, vamos percorrer um caminho, durante o qual, vamos refletir, discutir, ler, e implementar algumas das habilidades de cada um como leitores e como mediadores. De maneira a instrumentalizar, dar referências, ampliar o repertório de leituras ,conectar pessoas, criar redes de aprendizagem coletiva, contribuindo assim para um aprimoramento das praticas de mediação.

Esta é uma iniciativa da Fundação Itaú Social, em colaboração com o Laboratório Emília de Formação e a Revista Emília, com a ideia de criar um espaço de aprendizagem continua, bem como de compartilhamento de experiências inspiradoras e de promoção de intercâmbios e reflexões.

Esperamos que este curso seja uma inspiração para futuros encontros literários e que as crianças brasileiras vivam lindas histórias com os livros!

Sua presença é muito importante para nós!

 

 

Quem somos?

Dolores Prades. Publisher da Emília e consultora editorial, é doutora em História Econômica pela USP e especialista em Literatura Infantil e Juvenil pela Universitat Autònoma de Barcelona. Diretora do Instituto Emília e do Laboratório Emília de Formação, coordena no Brasil da Cátedra Latinoameriacana y Caribeña de Lectura y Escritura. Professora convidada do Master da Universitat Autònoma de Barcelona e membro do júri do Prêmio Hans Christian Andersen do Bologna Children Award (2016). É consultora da Feira do livro Infantil de Bologna para América Latina desde 2017.

 

Inés Miret. Sócia-fundadora da Neturity, especializada em projetos digitais para a cultura e a educação, com foco em leitura, livro e bibliotecas. Foi, durante dez anos, consultora da Organização de Estados Ibero-americanos e coordenou o grupo de especialistas em leitura e bibliotecas deste organismo internacional. Foi coordenadora, em colaboração com diversas universidades, de pesquisas sobre bibliotecas escolares. Atualmente, conjuntamente com o Instituto Emília do Brasil, promove o Laboratório Emília de Formação.

 

 

O Instituto Emília se desenvolve tendo como centro a Revista Emília. Sua atuação é de coordenação de todas as atividades deste projeto, atualmente diversificadas em ações de consultoria especializada e curadoria de eventos e cursos de especialização; de promoção dos projetos Destaques Emília e Olhar Leitor, e de todas as demais ações que se desenvolvem em torno do projeto Emília.

Entre as ações mais recentes temos, em 2017, o lançamento dos Cadernos Emília. O Instituto é, junto com a empresa espanhola Neturity, responsável pela criação do Laboratório Emília de Formação, desde 2016. E, também desde esse mesmo ano, fomenta a atividade de pesquisa sobre edição de livros para crianças e jovens como participante do projeto internacional EDI-RED.

 

O Itaú Social desenvolve, implementa e compartilha tecnologias sociais para contribuir com a melhoria da educação pública brasileira. Sua atuação está pautada no desenvolvimento de projetos sociais, no fomento a organizações da sociedade civil, na formação continuada de docentes e gestores educacionais e na realização de pesquisas e avaliações.

Juntamente com uma rede de parceiros, fornecedores e colaboradores, trabalha para que municípios, estados e União se unam para entregar aquilo que é direito de todos: acesso à educação com aprendizagem adequada, sem restrição de tempo, espaço, raça, cor ou gênero.

 

Iniciativa
Fundação Itaú Social

Vice-presidente
Fábio Barbosa

Superintendente
Angela Cristina Dannemann

Gerente de Programas
Tatiana Bello Djrdjrjan

Coordenador da área de Formação
Carlos Eduardo Garrido

Equipe Técnica
Claudia Maria Micheluci Petri
Dianne Cristine Rodrigues de Melo
Juliana Borges Junqueira
Julianne Nestlehner Abreu Paiva
Karina Bezerra Garcia
Natalia Felix Carvalho Noguchi

Coordenação e Execução
Dianne Cristine Rodrigues de Melo

Colaboração
Carlos Eduardo Garrido
Juliana Borges Junqueira
Karina Bezerra Garcia
Renata Gentile – Poiesis Consultoria

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Compártelo...